fbpx
landing page
Marketing Digital

O que é uma Landing Page e para o que ela serve?

Utilizadas com frequência nas campanhas de marketing, as landing pages são elementos fundamentais para quem faz tráfego pago e precisa atrair leads, gerar vendas ou divulgar produtos e serviços.

Mas, o que é esse conceito? Como utilizar? Quais são os benefícios? Estas são dúvidas muito comuns que observamos no mercado. Por isso vamos falar sobre isso nesse artigo, vem com a gente!

O que são Landing Pages?

De forma simplificada, podemos definir  landing pages como uma página de destino ou aterrissagem que têm como principal objetivo: a conversão. 

Elas são criadas com menos elementos do que um site tradicional, com CTAs (Call-to-action) específicos que evitam distração do internauta e facilitam na conquista da persona desejada. 

Peça-chave em uma estratégia de marketing, as Landing Pages possuem uma oferta de valor central com um objetivo específico, onde o usuário geralmente irá precisar se inscrever em um formulário para obter alguma espécie de compensação. 

Nesse formulário, o internauta geralmente preenche informações básicas, como nome, telefone e e-mail, para se obter a bonificação que deseja, tornando-se dessa forma um lead e criando uma relação com a empresa. 

Estas ofertas para o usuário podem variar de acordo com a necessidade da empresa ou da etapa do funil de vendas. Dentre as principais estão: 

  • E-books;
  • Planilhas;
  • White Paper;
  • Checklists;
  • Convites para um contato com um consultor;
  • Demonstração de produtos e serviços;
  • Divulgação exclusiva de eventos, como webinars, por exemplo. 
  • Descontos em produtos e serviços;

Para entender como isso funciona na prática, imagine a seguinte situação! Você possui um site que atrai visitantes todos os dias, mas diante de todos conteúdos apresentados, não há uma evolução desse acesso, ou seja, este internauta não avança para uma próxima etapa do funil em direção a compra de um produto ou serviço.

Dessa forma, para obter os resultados esperados você cria uma página com um objetivo central, como por exemplo, focado em divulgar um ebook com dicas para o seu trabalho.

Nessa página você insere CTAs de divulgação que valorize os pontos positivos desse material e insere um formulário de contato, onde para obter a gamificação, o internauta precisará preencher os seus dados.

Veja o exemplo a seguir:

Etus_landing page 01

Pronto! A primeira conversão foi feita. Nesse momento, você obtém as informações desse usuário para que em outras oportunidades você possa convencê-lo a consumir os produtos e/ou serviços que oferece. 

Outro exemplo, é criar uma landing page para uma campanha específica, como dia das mães. 

Nessa página você irá apresentar produtos direcionados para esse público e com elementos que convença esse usuário a adquiri-lo.

Dessa forma, a possibilidade de converter em uma venda, geralmente são muito maiores e mesmo se ela não se concretizar é possível ainda, obter pelo menos as informações desse internauta através dos formulários, onde a persona pode se inscrever para receber ofertas.

Nestas situações, fica fácil observar porque as landing pages são indicadas como excelente estratégia de conversão. 

O que não pode faltar em uma landing page?

Para criar uma landing page que dê resultados a característica que deve nortear o trabalho é a objetividade. Pois, essa ferramenta precisa ter apenas as informações que são relevantes para a conversão. 

No entanto, alguns elementos são fundamentais, tais como:

  • Headline (título que mostre com clareza sobre a oferta);
  • Imagem ou vídeo que explique melhor sobre a proposta;
  • Descrição explorando o que você está oferecendo naquele momento;
  • Formulário;
  • Botão de CTA (call-to-action) ou chamadas para ação;
  • Prova Social (depoimentos de clientes, logotipos de empresas clientes ou parceiras);
  • hank you page (página que o usuário é direcionado depois que ele converte); 

Para ver dicas de como criar uma landing page de sucesso, clique aqui!

Por fim, vale ressaltar que para obter os melhores resultados é necessário que a sua landing page seja desenvolvida utilizando os elementos de SEO, para que ela seja encontrada nos mecanismos de busca.

Qual é a diferença entre Landing Page e site?

Outra dúvida muito comum em relação as landing pages está relacionada com o website. Muitas pessoas não conhecem a diferença entre as duas ferramentas. Para facilitar a compreensão separamos os pontos abaixo, confira:

Site Landing Page
Possui várias opções de menu Tem um Headline único
Contém várias páginas extras Criada apenas com uma única página
Oferece conteúdo relevante para a empresa e público Tem função direcionada para conversão
Não apresenta CTA (call-to-action) com frequência Possui CTA (call-to-action)
Não possui bonificação Oferece uma bonificação para a persona
Não apresenta formulário na home Deve oferecer formulário como elemento principal

 

Contudo, vale ressaltar que os sites e as landing pages são ferramentas diferentes, por isso, elas são complementares e atendem objetivos variados de acordo com uma estratégia de marketing digital. 

Benefícios de uma landing Page

Se você ainda está com dúvidas se deve ou não criar uma landing page, veja a seguir quais são as principais vantagens de utilizar esse tipo de recurso, confira: 

  • Atrair as pessoas certas no momento certo;
  • Favorecer o reconhecimento da marca;
  • Ampliar oportunidades para as pessoas encontrarem a sua marca nos mecanismos de busca; 
  • Criar uma ótima experiência para a persona tendo em vista a estratégia direcionado e a gamificação.
  • Possuir taxas de conversão significativas;
  • Aumentar os números de links de divulgação da sua empresa, o que gera mais autoridade para o seu domínio e consequentemente melhoria nos mecanismos de busca;
  • Comunicar os objetivos e a mensagem de forma prática e objetiva;
  • Favorecer o crescimento das redes sociais;
  • Criar um relacionamento direto com o possível cliente;
  • Favorecer na segmentação de público das campanhas pagas;
  • Auxiliar no desenvolvimento de campanhas A/B;
  • Possuir dados específicos e direcionados que colaboram com a avaliação da estratégia; 
  • Influenciar na criação de campanhas nas mais diversas origens de tráfego, tais como: e-mail, google adwords, links de parceiros, banner no website, entre outros;
  • Liberdade de criação para elementos e design;
  • Gerar oportunidades de parcerias com outras empresas;

Contudo, vale ressaltar que pesquisas do setor comprovam a eficácia das landing pages em estratégias de campanhas pagas. Quando utilizadas, elas aumentam a taxa de conversão em até 25%.  

E você vai perder essa oportunidade? Faça o teste e conte para gente depois como foi! 

E se quiser saber mais sobre estratégia de marketing digital, não deixe de conferir o artigo: KPIs: O que é? Quais são os tipos? Saiba tudo para sua estratégia de marketing!

 

Veja também esses materiais importantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *