fbpx
Banimento nas Redes Sociais
DestaqueSem categoria

O que você faria se fosse banido de todas as redes sociais?

O ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, foi suspenso de praticamente todas as redes sociais, e em algumas delas, o banimento foi quase que permanente.

Trump parece que nasceu para as redes sociais: ele fala com frases curtas, provoca todo mundo, engaja seus seguidores e é um ótimo criador de memes de si próprio, mesmo que sem querer.

Muito se falou sobre o banimento dele no Twitter, Facebook e Youtube, mas, após várias vezes ter tido algumas publicações excluídas por essas redes sociais, os últimos acontecimentos fizeram com que mais de 12 redes sociais banissem ele, isso sem contar outras grandes empresas de serviços de tecnologia.

A única que não o baniu foi a rede social PARLER que ficou famosa por reunir extremistas políticos. Porém, para ter qualquer site na internet, você precisa contratar vários terceiros, inclusive servidores para hospedá-la, e foi aí que, a última opção do Trump se foi. A PARLER hospedava sua rede social na AWS (servidor da Amazon, que é um dos maiores fornecedores de serviços de Cloud Computing e hospedagem do mundo) e ela optou por bloquear a PARLER dos seus servidores, assim como o Google e Apple decidiram por bloquear o aplicativo de suas lojas de apps Google Play e PlayStore, respectivamente.

O principal motivo para todas essas empresas optarem por bloquear Donald Trump foi: suas publicações traziam incitação à violência e fake news.

Qual o principal motivo para banir um usuário nas redes sociais?

Uma pesquisa nos Estados Unidos mostrou que após banir o Trump, o número de posts com desinformação caiu 73%.

As redes sociais são cada vez mais pressionadas para que monitorem melhor o conteúdo disseminado nelas, e com esse tipo de amostra, fica claro que o banimento de usuários que incitam violência, Fake News, ou qualquer outra atividade ilegal tenham grandes chances de serem banidos.

É muito provável que as redes sociais, em breve, passem a trabalhar com um sistema de Strike (como se fossem notificações), muito similar ao que o Youtube faz hoje, onde se você receber 3 strikes, seu perfil será suspenso permanentemente.

Muita gente criticou a postura das redes sociais em banir Donald Trump.
O banimento dele pode virar um precedente para cada vez mais as redes sociais bloquearem outras pessoas?

Muita gente já foi banida das redes sociais, porém com muito menos expressividade que Donald Trump, o fato é que não podemos confundir liberdade de expressão com incitação ao ódio e violência.

As redes sociais deram voz a todos, esse direito a falar e se expressar acaba quando começa a interferir e incitar que outras pessoas façam coisas ruins.

É muito provável que esse caso crie sim precedentes a uma maior e melhor moderação sobre o que é publicado nas redes sociais, afinal o que a gente posta nas redes sociais passa a pertencer a elas, que podem fazer o que quiserem, pois diferente do que muitos pensam, o seu perfil no Instagram, Facebook ou qualquer outra rede social, não é seu, é da própria rede social.

 


Veja também esses materiais importantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *