fbpx
Redes Sociais

Como ter sucesso nas redes sociais?

As redes sociais são praticamente onipresentes no cotidiano dos usuários de internet. Com milhões de usuários produzindo conteúdo, a pergunta que todos nós fazemos é: como se destacar nas redes sociais?

Elas se tornaram parte do nosso dia a dia e muitas pessoas e empresa estão vivendo através dessa forma de mídia.

Assim como as redes sociais se tornaram indispensáveis para as pessoas, as empresas também estão cada vez conseguindo mais resultados ao criarem relacionamento com seus seguidores.

Eu separei três dicas rápidas para o empreendedor ou para pessoas que querem trabalhar com redes sociais.

O primeiro ponto é: ter um objetivo claro. O que você busca com as redes sociais nesse primeiro momento? Se tornar uma marca reconhecida? Vender mais? Fazer mais contatos? Levar mais gente para o seu site ou blog? Enfim, sabendo exatamente o que quer, fica muito mais fácil se planejar para conseguir esse objetivo.

Segundo ponto: seja consistente! Nas redes sociais esse é um erro comum, e que a maioria comete. Você precisa postar frequentemente para deixar seus seguidores saberem que você é um membro ativo. Isso fortalece sua marca e cria os famosos “fãs”.

E por fim, evite excesso de promoções! As pessoas seguem outras pessoas e marcas para consumirem conteúdo, se você só fizer posts sobre seus produtos, você pode acabar afugentamento ou irritando as pessoas, que vão, muito provavelmente, deixar de seguir o seu perfil.

No geral as redes sociais são ferramentas nativamente de comunicação, e isso, por mais louco que pareça, existe bem antes da internet ou computador. Redes sociais são grupos de pessoas que se comunicam, pedem dicas, informações, jogam papo fora e muitas vezes até brigam.

As marcas estão entendendo isso, e, cada vez mais, evitando usar as redes sociais somente com conteúdo publicitário, e sim, entrando no jogo dos consumidores e entregando o que eles querem receber: conteúdo, informação e entretenimento.

Muito se fala sobre algoritmo das redes sociais, afinal, o que seria isso? 

Os algoritmos das redes são basicamente conjuntos de regras que escolhe o que vai aparecer para você quando rolar a tela para baixo. O algoritmo tenta entregar conteúdos que, individualmente, gostaria de receber, mantendo assim, você mais tempo ali rolando para baixo.

Recentemente o documentário |Dilema das Redes Sociais| retratou, de forma um pouco exacerbada, exatamente como funciona esse conjunto de regras. 

Se posso dar uma dica, seria: não é o algoritmo que controla a gente, e sim, a gente que controla o algoritmo, mostrando pra ele o que gostamos de ver ou não, por meio de curtidas, comentários e pausas na tela.

No passado tivemos redes sociais que encerraram suas atividades e outras surgiram, você acredita que isso pode acontecer novamente?

Na teoria as redes atuais se estabeleceram no mercado não mais apenas como redes sociais, mas, como ferramentas de negócios, comunicação e entretenimento.

A visão dos executivos dessas companhias também é bem diferentes: eles entenderam o dinamismo dessa era, e, por isso, frequentemente implantam novos recursos, desenvolvem e compram empresas de outras áreas, e migram suas prioridades. 

Um exemplo é o Facebook que aos poucos está migrando toda sua comunicação para Grupos, onde posso me comunicar com pessoas desconhecidas que pensam ou buscam sobre o mesmo assunto que eu, o que vai bastante de encontro com os seus usuários.

A rede social deu voz a todo mundo, e com isso existe muita gente criticando, e até ofendendo. Como as pessoas que querem trabalhar nas redes sociais devem lidar com isso? 

Quando você começa a trabalhar profissionalmente com a Internet, vão ter pessoas criticando, seja por que você virou blogueirinha, ou porque sua empresa não é o que ele esperava.

O ideal é buscar um ponto de equilíbrio: absorver as críticas construtivas para te ajudar a crescer e isolar os famosos haters.

As redes sociais são, antes de tudo, uma ferramenta de comunicação, então comunique-se com sua audiência, e busque se relacionar com eles de forma amigável, mesmo você sendo uma empresa ali dentro.

Veja também esses materiais importantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *