fbpx
Você sabe o que é Análise SWOT?
Gestão e liderança

Você sabe o que é Análise SWOT? Ela pode ser muito útil para a sua empresa

Imagina só poder listar os prós e contras de um projeto antes mesmo de tirá-lo do papel para ser implementado em sua empresa. É uma segurança e tanto, não é? É para isso que serve a Análise SWOT e se você quer saber mais sobre como ela funciona e como pode ser útil para o seu negócio, é só continuar a leitura deste texto!

O que é Análise SWOT?

A Análise SWOT é uma ferramenta de gestão de projetos e negócios que permite que você faça um planejamento estratégico para as ações da sua empresa. Na SWOT você analisa as forças (Strengths), as fraquezas (Weaknesses), as oportunidades (Opportunities) e as ameaças (Threats) de um novo projeto para minimizar riscos e otimizar resultados antes mesmo de colocar a ideia em prática.

Quando o assunto é a saúde da sua marca, a SWOT tem muito a acrescentar, isso porque ela faz um diagnóstico interno e externo da sua empresa ao avaliar cenários em que você se encontra. Por exemplo:

  • Forças e Fraquezas: olham mais para processos internos do seu negócio, como gestão, financeiro, quadro de colaboradores, por exemplo.
  • Oportunidades e Ameaças: são fatores mais externos e incluem a análise de cenários econômicos, políticos, culturais, sociais e análise de concorrência. 

Vale reforçar que na maioria das vezes, os pontos internos são os que a empresa tem mais facilidade de trabalhar, enquanto os externos trazem um desafio a mais por envolverem terceiros.

Matriz SWOT: a análise colocada em prática

Recursos visuais sempre ajudam bastante a entender melhor as ideias, é aí que entra a Matriz SWOT. Para colocar a análise em prática você precisará fazer uma matriz/tabela 2×2, ou seja, com duas linhas e duas colunas, como no exemplo abaixo.

Você sabe o que é Análise SWOT?

Feita sua matriz SWOT, em seguida anote em cada um dos quadrantes os pontos correspondentes, vamos listar abaixo alguns itens que você precisa ficar atento, acompanhe conosco:

  • Forças: liste motivos pelos quais sua empresa se destaca e o que faz um cliente preferir o seu serviço/produto ao invés de ir para a concorrência, por exemplo.
  • Fraquezas: elenque os pontos que você pode melhorar na sua produção como logística e prazo de entrega de produtos, atendimento ao cliente, etc.
  • Oportunidades: indique acontecimentos externos que podem favorecer sua empresa, como por exemplo, mudanças de mercado e na economia. 
  • Ameaças: aqui você anota os pontos que podem ser negativos para a sua empresa e que fogem do seu controle.

O que avaliar em cada um dos quadrantes?

Como dissemos mais pra cima, essas quatro categorias se dividem em dois grupos: ambiente interno e externo, dê uma olhada no que cada um deles pode englobar:

Ambiente interno

Esta categoria inclui os itens de Forças e Fraquezas, pontos que estão ao seu alcance e que você pode mudar. Como por exemplo:

  • Comunicação / marketing
  • Capital;
  • Localização;
  • Tempo no mercado;
  • Imagem e reputação;
  • Relacionamento com cliente;
  • Gestão de equipe.
  • Recursos humanos;
  • Capacidade de produção.

Ambiente externo

Deve conter tudo o que não está diretamente em suas mãos, podendo ser benéfico ou não para sua empresa, como por exemplo:

  • Fornecedores;
  • Concorrência;
  • Crise econômica e política;
  • Clientes;
  • Datas sazonais fortes para vendas;
  • Novas tecnologias;
  • Falta de matérias-primas;
  • Inflação.

Por que adotar a Análise SWOT na sua empresa?

 

Você sabe o que é Análise SWOT?

Freepik

Gerir uma marca sem planejamento é como dirigir com os olhos fechados, ou seja, a empresa fica vulnerável até ao menor dos problemas. Mas, é exatamente para isso que serve a Análise SWOT, ela mapeia cenários para prevenir riscos, antecipar tendências, minimizar fraquezas e potencializar oportunidades e forças de uma marca.

Estratégia, aproveitamento e melhorias

Quando se tem uma visão macro e interna sobre a empresa e o cenário em que ela se encontra, fica mais fácil enxergar situações de oportunidades de crescimento e adotar um posicionamento estratégico para a marca.

Ter um mapeamento sólido da sua empresa também te ajuda a entender quais processos precisam ser aprimorados para que o resultado final seja satisfatório para a organização, os colaboradores e os clientes. Além disso, uma tomada de decisão baseada em dados e informações tem muito mais chances de ser assertiva e surtir o efeito desejado.

Soluções eficazes para problemas

Se você sabe quais são as fraquezas e as ameaças às quais sua empresa está vulnerável, fica muito mais fácil pensar e propor soluções eficazes, por exemplo. A Análise SWOT é muito boa pra isso porque não foca só nos pontos fortes da sua marca, ela te auxilia em uma visão estratégica para se antecipar e corrigir falhas que podem se tornar problemas no futuro.

Colocando as ideias no papel: hora de fazer sua Análise SWOT

Você sabe o que é Análise SWOT?

Freepik

Para tirar um projeto do papel com segurança, primeiro é necessário colocar a ideia no papel e fazer uma análise SWOT. Confira esse passo a passo simples para te nortear na hora de fazer a sua!

  • Troca de ideias: se você tem outras pessoas trabalhando na sua empresa, converse com a equipe e levante ideias sobre a marca, é hora do famoso brainstorm
  • Posteriormente, organize tudo dentro de uma análise de cenários interno e externo.
  • Em seguida, crie sua matriz SWOT.
  • Por fim, com os dados em mãos, é só analisar se o projeto em questão é viável e vantajoso para a empresa neste momento.

Entenda o resultado da sua Análise SWOT para transformá-la em estratégia para sua marca

Depois de anotar tudo e separar as informações em cada um dos quadrantes da matriz SWOT, é hora de colocar em prática:

  • Os itens listados em Forças e Ameaças servirão para você entender quais características fortes da sua empresa devem ser maximizadas para diminuir as ameaças.
  • Já as Forças e Oportunidades devem ser analisadas em conjunto para definir quais pontos fortes da marca podem ser potencializados para aproveitar ao máximo as oportunidades.
  • Com as Fraquezas e Ameaças acende um sinal de alerta. Aqui estão os gargalos da sua empresa que precisam ser corrigidos para que ela sobreviva às ameaças.
  • Por fim, ao analisar as Fraquezas e Oportunidades, você verá o que precisa ser aprimorado para não perder oportunidades futuras.

Se você perceber, nós listamos acima uma análise que junta cada um dos quadrantes da matriz SWOT, isso porque é muito importante enxergar os dados como um todo e não individualizados, a fim de construir uma visão muito mais assertiva e abrangente.

Que tal incluir a Análise SWOT como estratégia para a sua empresa e estar sempre um passo à frente para minimizar riscos e potencializar oportunidades? Aqui em nosso blog temos vários outros textos com assuntos que podem te ajudar nessa missão de aprimorar cada vez mais a sua marca, vale a pena a leitura!


Veja também esses materiais importantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *