fbpx
Você sabe o que é Agile Marketing?
Gestão e liderança

Você sabe o que é Agile Marketing?

Gerenciar um time de marketing ou uma agência digital não é uma tarefa fácil, não é verdade? ???? São diversas atividades que precisam ser feitas para que os resultados sejam alcançados e a equipe esteja motivada. E diante de tantos desafios, você sabia que o Agile Marketing pode ajudar? ????

Mas, como assim? Continue lendo e entenda melhor sobre esta técnica!

Agile Marketing é uma metodologia de trabalho que tem como fundamento gerenciar uma equipe de forma ágil, seja no desenvolvimento de atividades do dia a dia como aumento e melhoria nas entregas e produtividade ao gerenciamento de campanhas e projetos mais complexos. 

Esta estratégia traz diversas vantagens para o negócios, veja a seguir algumas delas:

  • Maximização de recursos de tempo, dinheiro e esforço;
  • Mais foco e produtividade da equipe;
  • Possibilidade de ajustes;
  • Transparência entre os processos;
  • Visibilidade global do trabalho;
  • Evita erros durante o processo;
  • Fácil adaptação à mudanças;
  • Mensuração de resultados;
  • Envolvimento de toda a equipe;
  • Gera credibilidade e confiança;
  • Priorização e valorização de ideias através dos melhores resultados;
  • Promovem maior satisfação do cliente final;
  • Motivam todos os colaboradores da equipe;

Vale ressaltar que para aplicar essa metodologia não existe mágica! Mas os resultados são surpreendentes. 

Antes de aprofundarmos melhor sobre a aplicação dessa técnica é necessário compreender como ela surgiu. Veja a seguir! 

Como surgiu a metodologia Ágil?

Você sabe o que é Agile Marketing?

Freepik

O Agile surgiu como um modelo de gerenciamento de projetos direcionados para a área de TI (Tecnologia da Informação). Criado por um grupo de 17 autores, incluindo grandes nomes como: os engenheiros Kent Becker, Ward Cunningham e Ron Jeffries, criadores do Extreme Programming (XP), e Ken Schwaber e Jeff Sutherland, pais do Scrum. 

Após alguns debates, os especialistas publicaram um manifesto online com os 12 princípios do Agile para os desenvolvedores de softwares. São eles:

1 – Valorizar a satisfação do cliente com entregas rápidas e frequentes;

2 – Promover mudanças durante todo o processo, caso seja necessário, mesmo que tardiamente;

3 – Entregar softwares com mais regularidade em um tempo menor de trabalho;

4 – Manter a comunicação frequente entre gestores e desenvolvedores durante todo o desenvolvimento do projeto;

5 – Disponibilizar para a equipe um ambiente, suporte e proximidade para manter os colabores motivados;

6 – Realizar conversas com as pessoas frequentemente;

7- Compreender o funcionamento dos softwares como principal medida de crescimento;

8 – Criar e manter um ritmo de desenvolvimento constante e frequente;

9 – Estabelecer uma técnica alinhada a um bom design para dar mais agilidade ao processo;

10 – Tornar o método mais simples para favorecer na eficiência;

11 – Criar um ambiente autônomo;

12- Examinar o processo em tempos pré-determinados para ajustar as atividades.

Podemos dizer de forma simplificada, que a metodologia ágil está focada no mindset produtivo e na divisão e compartilhamento de tarefas e informações para todos que estão envolvidos em um projeto. 

Dessa forma, a técnica tem como princípio geral priorizar: o usuário, a colaboração e prática. E o resultado é uma antecipação nas entregas e uma melhor performance da equipe e percepção de valor dos clientes. 

Com o tempo, a metodologia ágil começou a ser inserida em outras áreas, visto que esta “dor” não era algo limitado apenas para o setor de TI. No entanto, em cada indústria em que a técnica foi aplicada, foi necessário adaptar conceitos, valores, princípios e atividades. 

Quais são os valores do Agile Marketing? 

Você sabe o que é Agile Marketing?

Freepik

Para criar e documentar os valores da metodologia Agile Marketing, alguns especialistas no mercado se reuniram em um evento chamado SprintZero, em 2012, em São Francisco.

Após alguns debates sobre essa aplicação no setor, os participantes criaram o Agile Marketing Manifesto.

Com características similares ao original, criado pelos especialistas em TI, o manifesto do marketing se tornou um guia para os gestores e empresas que desejam implementar essa técnica. 

Veja a seguir quais são os 7 valores elaborados pelo Agile Marketing Manifesto:

1- Aprendizado comprovado na prática, sem se apegar apenas em opiniões e convenções.

2- Campanhas desenvolvidas por etapas adaptativas e não não-lineares.

3- Colaboração centrada na entrega e não apegadas a cargos, setores ou hierarquia;

4- Planejamento flexível, rápido e objetivo totalmente diferente de um plano rígido e estático;

5- Disponível para mudanças quando necessárias;

6- Desenvolvida a partir de testes para um curto período de tempo para validar o sucesso ou fracasso das ações ou estratégias;

7- Validação e feedbacks constantes com o consumidor para analisar os resultados e evitar preferências ou/e comportamentos.

Estas premissas podem até parecer simples quando observadas de um aspecto mais geral, mas no dia a dia, elas provocam mudanças profundas na forma de gerir as atividades no marketing, bem diferente do modelo tradicional. 

Como aplicar o Agile Marketing na prática? 

Você sabe o que é Agile Marketing?

Freepik

Após compreender sobre a importância e os fundamentos do Agile Marketing, chegou a hora de colocar a metodologia em prática, mas como fazer isso? 

Primeiramente, precisamos destacar que uma equipe para ser “ágil”, deve ser multidisciplinar, ou seja, formada por pessoas com experiências, formações e até backgrounds diferentes. 

Além disso, estes colaboradores devem ser auto gerenciados, ou seja, um grupo colaborativo de pessoas que compartilham entre si a responsabilidade pela realização do trabalho. 

No entanto, todos precisam estar em sintonia para que os resultados sejam conquistados. 

A “equipe ágil” pode ter um único líder para guiar os processos, alinhar a comunicação e resolver problemas, caso seja necessário.

No entanto, para aplicar a metodologia será necessário escolher um framework adequado. Atualmente os mais conhecidos são: Scrum, Kanban e o Lean. Estes métodos permitem gerenciar e organizar e estruturar as atividades que garantiram mais agilidade nos processos de comunicação. 

Estes frameworks foram desenvolvidos inicialmente para o gerenciamento de atividades no setor de TI (Tecnologia da informação), mas estão sendo adaptados com frequência por diversos departamentos de marketing e agências. 

Veja a seguir as principais características de cada tipo de método:

Scrum

Criado pelos desenvolvedores Ken Schwaber e Jeff Sutherland, esse framework é um modelo bem simples de usar, aplicado geralmente para projetos mais complexos.

Realizado a partir de ciclos curtos de 1 a 4 semanas, chamadas de Sprints, a metodologia Scrum permite potencializar o trabalho de uma equipe, acompanhar a evolução de um produto ou objetivo, sempre com foco na qualidade e no prazo determinado. 

Esta metodologia pressupõe encontros diários, nomeados como Stand Up, para compartilhar o status e as atividades de cada membro da equipe, promovendo uma comunicação assertiva e transparente.

Durante o desenvolvimento de cada ciclo ou sprint, são realizadas quatro a cinco tipos de reuniões, dependendo da necessidade, para a criação de um produto ou campanha. Dessa forma, o processo torna-se interativo, fundamentado em feedbacks e metas que são alcançadas passo a passo. 

Confira a seguir cada um destes encontros:

1- Construção do Backlog – Lista de necessidades que precisam ser alcançadas para a criação do produto ou campanha priorizados de acordo com um objetivo central.

2- Sprint Planning – estimam-se as metas, as entregas e as prioridades que serão trabalhadas em cada ciclo. 

3- Execução com daily meetings – acompanhamento das atividades de acordo com o planejamento, deve ser feito em até 15 min com todos os membros da equipe.

4- Review – Entrega de resultados do ciclo (sprint) e apresentação do feedbacks da equipe.

5 – Retrospectiva – Avaliação de melhorias para os próximos processos.

Kanban

Criada para organizar as tarefas de uma empresa, seja com softwares de gestão ou com post-its coloridos, o Kanban tem como principal objetivo dividir as etapas de um trabalho em pelo menos três colunas, como:

TO DO/ PARA FAZER – Atividades que precisam ser realizadas.

DOING / EM EXECUÇÃO – Tarefas que estão em andamento.

DONE / CONCLUÍDAS –  Atividades finalizadas.

Esta organização pode ser feita para a gestão das tarefas da equipe ou individualmente de acordo com a função de cada colaborador.

A técnica também pode ser customizada de acordo com as necessidades da sua empresa.

Lean

Outro framework bastante utilizado ultimamente, é o Lean. Em tradução livre, esse termo corresponde a “enxuto”, ou seja, um método que tem como principal objetivo otimizar processos na empresa, reduzindo gastos, evitando desperdícios e aumentando os resultados.

Dessa forma, ele utiliza apenas o necessário para a realização de um determinado trabalho, etapa ou processo.

Aplicando essa metodologia, é possível: 

  • Identificar problemas que estão atrapalhando o processo;
  • Eliminar ruídos na comunicação;
  • Criar e apresentar um fluxo de trabalho claro;
  • Identificar prioridades de trabalho;

Por fim, vale ressaltar que os frameworks Scrum e Kanban, são os mais adotados no Agile Marketing e em muitos casos podem ser trabalhados de forma complementar.

Viu como a metodologia ágil pode evitar os prazos estourados, ideias desconexas e a comunicação ruidosa?

Mas, nada de robotizar a sua equipe hein! Essas técnicas devem auxiliar o trabalho e não engessar a sua equipe em algo que não é funcional. 

Continue acompanhando o nosso blog e leia conteúdos exclusivos sobre marketing, empreendedorismo e criatividade.

 


Veja também esses materiais importantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *