fbpx
storytelling
DestaqueMarketing Digital

O que é Storytelling?

O Storytelling é um termo em inglês, onde “story” significa história e “telling”, contar. Trata-se de um método criado a partir de narrativas, utilizando palavras ou recursos visuais para transmitir um conteúdo. Isto é, são enredos que compartilham ideias, conhecimentos e outros interesses por meio de um texto envolvente.

Essa técnica, com característica persuasiva, vem sendo utilizada com frequência no marketing como forma de promover uma marca e vender de forma indireta. 

As histórias são ilustrativas, memoráveis e permitem que qualquer empresa crie vínculos emocionais mais próximos com os seus clientes e muitas vezes incentivá-los a ação.

Por isso, se você quer tornar o seu conteúdo atraente nas redes sociais é preciso aprender a usar o storytelling. Mas, como fazer isso?

Se esta é a sua dúvida, vem com a agente! 🙂

Qual é a importância do storytelling?

Atualmente estamos expostos a diversos conteúdos 24 horas por dia nas mais diversas ferramentas. E para se destacar é preciso “sair fora da caixa” e criar materiais diferentes que chamem a atenção do público e tragam resultados significativos.

Diante desse cenário a storytelling é um excelente recurso. Afinal, nossos cérebros fixam muito melhor histórias do que informações isoladas. 

Quando uma marca opta por contar uma história ela desperta gatilhos mentais nas pessoas que estão tendo acesso ao conteúdo. Esse processo emocional gera identificação e influência na decisão de sua persona. Como assim?

Imagine uma empresa de cosméticos que quer influenciar as mulheres a consumirem seus produtos e admirarem a sua beleza real. Para isso, a marca cria um storytelling envolvente, que mostra como elas se avaliam de forma depreciativa e como as outras pessoas a observam de uma forma muito melhor. 

Agora, analise! Quantas mulheres vão se identificar com essa história e podem passar a se relacionar com essa marca de forma diferente? 

Por isso, um storytelling de sucesso precisa fazer com que o leitor se identifique com o protagonista, sofrendo ou se alegrando com os obstáculos que percorre no caminho, movidos pela solução de um “problema”  final. 

Vale ressaltar que mesmo se o seu conteúdo não for construído através de um roteiro, é possível aplicar esse processo utilizando subtítulos que favoreçam a compreensão da mensagem. 

Outra característica importante desse tipo de técnica é a exclusividade. Quando você cria um storytelling, por mais que o assunto abordado esteja desgastado ou seja de conhecimento geral, a forma que você irá abordar será única.  

Contudo, antes de começar a aplicar a storytelling na sua estratégia digital, é de extrema importância ressaltar que para contar histórias envolventes é preciso conhecer a fundo a sua persona. 

Elementos fundamentais do storytelling

Antes de começar a contar uma boa história, é necessário identificar quais são os elementos fundamentais que precisam fazer parte dela, tais como: linguagem, estilo e abordagem.

Ainda que não exista uma fórmula pronta para criar bons storytellings, existem alguns elementos que exercem um papel importante nessa criação de conteúdo, veja a seguir quais são eles:

✍🏽 Personagens

Atribua qualidades e limitações a pessoas e valorizem seu lado humano, ou seja, mostre mais características anti-heróis do que super-heróis. 

Os personagens devem estar presentes em toda a jornada, sofrendo transformações e levando a transmissão da ideia. 

✍🏽 Mensagem

Os textos precisam deixar a audiência entusiasmada, estimulada e registrar na mente do leitor aquele conteúdo, onde a história passa a ser lembrada e contada para outras pessoas

✍🏽 Enredo 

Um bom storytelling precisa ter começo, meio e fim. Por isso, utilize a estrutura do 5Qs (quem, quando, o que, onde e porquê). As pessoas tendem a absorver melhor o conteúdo quando apresentado nesse tipo de estrutura. 

✍🏽 Ambiente

Descreva o local em que a história é contada. Isso auxilia na compreensão da mensagem e jornada do leitor.

✍🏽 Problemática

Para deixar a audiência entusiasmada, o texto precisa apresentar uma problemática, ou seja, um conflito que o personagem sofre durante toda a história. 

Produza-o de forma elaborada para que o “problema” não seja facilmente superado, a ponto de necessitar de uma transformação dos envolvidos para que haja uma conclusão.

✍🏽 Solução

Para que a história seja finalizada, é necessário apresentar uma solução para o conflito. Trata-se de uma “chave” para salvar o personagem ou um “segredo” que precisa ser desvendado. 

Esses elementos visam mudar o curso da história e promover um final feliz. 

✍🏽 Visão otimista

Você pode também apresentar algumas visões que inspiram o futuro em busca da solução da problemática exposta.

✍🏽 Continuação

Para inspirar a audiência, o storytelling ainda pode indicar alguns passos para conduzir as pessoas a seguir o mesmo futuro do personagem principal. 

Dessa forma, essa técnica prende a atenção do leitor, é interativa, desperta emoções, apresenta fatos importantes, promove diálogos, mostra um personagem em que as pessoas possam se identificar e ainda trata de um conflito que precisa ser resolvido no desenvolver da história. 

Dicas para fazer um bom storytelling

E como a Etus adora facilitar a sua vida, separamos a seguir uma lista com dicas práticas para começar a aplicar a storytelling na sua estratégia de marketing digital, confira:

1- Utilize a jornada do herói;

2- Conte a história através de uma ordem cronológica;

3- Concentre-se na ação;

4- Trabalhe com um conteúdo que tenha relevância para sua persona;

5- Seja criativo;

6- Foque nas partes mais relevantes da narrativa;

7- Procure surpreender o seu público;

8- Crie o final antes mesmo de saber como vai ser o desenvolver da história. As conclusões devem apresentar a solução do problema, por isso, elas são mais difíceis de se produzir, priorize essa parte do texto!

9- Dê ritmo para a história;

10 – Utilize parágrafos e frases curtas;

11- Use a emoção para se aproximar das pessoas;

12- Crie narrativas visuais;

13- Descubra a essência da sua história;

14- Utilize personagens com visões e opiniões relevantes e fortes;

15- Mantenha uma linguagem simples para que o foco seja a história;

16- Coloque-se no lugar do personagem e imagine o que você faria no lugar dele;

17- Reescreva quantas vezes forem necessárias;

18- Procure se inspirar nas histórias que você gosta ou que possam interessar o seu público-alvo. 

Gostou das informações que apresentamos aqui? Então, chegou a hora de você aprender sobre CTA! Até lá!


Veja também esses materiais importantes