fbpx
O que é Inbound Marketing
DestaqueMarketing Digital

O que é Inbound Marketing?

O Inbound Marketing é uma estratégia que consiste na criação de conteúdo confiável para um público específico, para atrair leads, construir relacionamentos e gerar experiência de venda. Esta é uma das técnicas mais eficazes para obter resultados no ambiente digital. 

Este termo surgiu nos Estados Unidos (EUA) em 2005. E em tradução direta, ele pode ser definido como “marketing de entrada”, ou “marketing de atração”.

No entanto, segundo o escritor americano Peter Drucker, os princípios do Inbound Marketing já haviam sido desenvolvidos em 1999 com o conceito de Seth Godin, conhecido como “Marketing de Permissão”.

Não é novidade para ninguém que as técnicas de divulgação baseadas apenas na valorização do produto já não produz resultados positivos como antigamente e que criar laços com consumidores é a melhor forma de construir marcas fortes.

E esse é o principal elemento do Inbound Marketing que busca atrair de forma indireta, humana e com empatia a atenção da persona que está procurando por algo no ambiente digital.

Vamos entender melhor sobre isso com um exemplo prático? 🤔

Imagine que você cuida da divulgação de um banco e precisa atrair novos clientes. Ao invés de desenvolver uma campanha falando dos produtos e serviços que a instituição oferece, você utiliza canais digitais para divulgar conteúdos com informações sobre finanças, como por exemplo, um blog ou um canal do Youtube e após ele consumir esse material ele vê um anúncio ou link que promova um produto do banco.

Viu como a estratégia funcionou como imã, foi menos invasiva e conquistou o lead com calma, gerando confiabilidade e relacionamento?

Esse é o principal objetivo do Inbound marketing ganhar o interesse das pessoas através da divulgação do conteúdo relevante e útil, para posteriormente convertê-las em vendas. 

Quer aprender mais sobre esse assunto? Então vem com a gente! 

Benefícios do Inbound Marketing

O que é Inbound Marketing

Freepik

Atualmente, a estratégia de Inbound Marketing virou a queridinha do momento. A cada dia mais empresas de diferentes segmentos e tamanhos estão aderindo a este método para conquistar mais clientes, gerar vendas e reforçar a sua autoridade.

Mas, quais são os principais benefícios desta técnica? Veja alguns a seguir 👇🏼

  • Garantir maior visibilidade do negócio;
  • Atrair clientes potenciais;
  • Reduzir custo de atração, conquista e fidelização de clientes;
  • Otimizar processos;
  • Gerar e distribuir conteúdos personalizados, autorais e relevantes;
  • Estabelecer um relacionamento mais próximo com o cliente;
  • Construir reputação, autoridade, respeito e admiração em determinado tema;
  • Aumentar o poder de persuasão;
  • Expandir a consciência ou percepção da marca;
  • Mensurar os dados em tempo real;
  • Atualização constante e imediata;
  • Aumentar o ticket médio.

Contudo, vale ressaltar que no Inbound a área de marketing da empresa torna-se um centro de investimento e não um centro de custo. Fique atento! 

Etapas do Inbound Marketing

Para alcançar resultados assertivos, o Inbound Marketing é dividido em quatro etapas principais, são elas: atração, conversão, venda e encantamento.

Veja a ilustração abaixo para entender melhor 👇🏼

O que é Inbound Marketing

Observe a seguir quais são as características principais de cada fase:

1º  Atração

Público-alvo >> Estranhos, ou seja, desconhecidos que buscam por informações genéricas, não relacionadas necessariamente a um produto ou serviço. 

Objetivo >> Conseguir atrair pessoas que não conhecem a sua marca para tornarem-se visitantes.

Como fazer >> Produzindo conteúdo relevante para redes sociais e blogs, mas aplicando técnicas de SEO. 

2º Conversão

Público-alvo >> Visitantes

Objetivo >> Alcançar um grande número de pessoas, para convertê-las em leads, ou seja, transformar estes internautas em oportunidades reais de venda. 

Como fazer >> Para atingir esse objetivo, será necessário criar um conteúdo que resolva uma “dor” deste visitante. Você pode fazer isso utilizando landing pages, call-to-action e até e-books. 

Ao clicar em um CTA ou baixar um e-book, o internauta avança no processo e torna-se um lead. Desta forma, ele permitiu que a marca passasse a se comunicar diretamente com ele. 

3º Venda

Público-alvo >> Consumidores

Objetivo >> A partir desta etapa, começa a ser construída a base de relacionamento da empresa, ou seja, o Customer Relationship Management (CRM). 

Aqui a grande missão, é desenvolver conteúdos de qualidade, para “nutrir” estes leads até que eles finalmente confiem na marca e concluem a compra, tornando-se assim clientes. 

Como fazer >> Você pode fazer isso, criando e-mails marketing ou até reuniões (lives, webinars) personalizadas. 

4º Encantamento

Público-alvo >> Clientes influenciadores

Objetivo >> Sabe aquele momento do relacionamento que você conquistou o “crush”, mas precisa encantá-lo para manter-se apaixonado?

É exatamente nesse momento que estamos falando. Aqui você deve manter o relacionamento ativo com este cliente, para que após a compra, ele comece uma nova jornada com a empresa até que ele se sinta totalmente seguro e se torne um promotor da marca, influenciando novas pessoas. 

Como fazer >> Ofereça exclusividade, seja com ofertas ou conteúdos. E não se esqueça de criar formulários de pesquisa, para entender suas expectativas e necessidades. 

Ferramentas do Inbound Marketing

O que é Inbound Marketing

Freepik

Agora que você já conhece cada uma das etapas do Inbound Marketing, chegou a hora de entender um pouco mais sobre todas as ferramentas que podem ser utilizadas nesse processo, acompanhe! 👇🏼

Marketing de Conteúdo 

É uma estratégia de atração de clientes através da criação de conteúdos relevantes, como: textos, vídeos, e-books, posts em redes sociais. 

Aqui não há uma promoção direta da marca, mas sim soluções para a “dor” do público-alvo em qualquer etapa do funil de vendas. 

Blog

O blog é um hub de conteúdo, ou seja, um canal de comunicação digital que publica artigos com conteúdo relevante e de valor, para atrair a persona de uma empresa. 

Essa ferramenta é de fundamental importância em uma estratégia de Inbound marketing. 

Site

Quando uma empresa tem um site e cria uma estratégia de conteúdo e divulgação dessa ferramenta, ela provavelmente irá alcançar clientes diferenciados e qualificados, promovendo consequentemente, aumento nas vendas. 

Mídias Sociais

Neste canal, o mais importante é divulgar conteúdo relevante e construir uma autoridade, para que assim, fortaleça a imagem da sua marca e passe credibilidade para o público. 

SEO

Essa sigla corresponde a abreviação do termo em inglês Search Engine Optimization, que em tradução direta, significa “Otimização para Mecanismos de Busca”. 

De forma prática, podemos dizer que são técnicas desenvolvidas para melhorar o posicionamento do seu blog ou website nos buscadores como: Google, Bing e Yahoo. 

Se você quiser saber mais sobre esse assunto, clique aqui. 

Call-to-Action

Conhecido também como CTA, significa uma “chamada para ação”, ou seja, palavras e frases que indicam ao usuário o que precisa ser feito. Seu principal objetivo é garantir conversão, aumentar audiência, melhorar o ranqueamento ou levar o internauta para um próximo passo do funil de vendas.

Landing Page

Página de destino ou aterrissagem que têm como principal objetivo: a conversão. 

Elas são criadas com menos elementos do que um site tradicional, com CTAs (Call-to-action) específicos que evitam distração do internauta e facilitam na conquista da persona desejada. 

Formulários

Para baixar um e-book, se inscrever em um evento, ou adquirir qualquer exclusividade, o internauta precisará preencher um formulário. 

Procure colocar perguntas que realmente são fundamentais para a sua estratégia, tornando o preenchimento fácil, rápido e agradável. 

CRM

Essa sigla corresponde a abreviação do termo em inglês Customer Relationship Management, que em tradução direta significa “Gestão de relacionamento com o cliente”. 

De forma prática, podemos dizer que trata-se de um banco de dados com informações de leads e clientes que possam ser impactados. Ele é de fundamental importância para a nutrição e envio de conteúdos novos e exclusivos. 

E-mail marketing

Com uma lista de emails é possível você criar um funil de vendas dos seus produtos e serviços, entregar conteúdo de qualidade, usar esta lista para remarketing nas redes sociais e anúncios do Google, fazer promoções especiais e muito mais.

Estude sobre copywriting, storytelling, headlines e gatilhos mentais, isto com certeza fará uma grande diferença na produção dos seus emails e aumentará drasticamente a taxa de abertura.

Automação de marketing

Nessa estratégia, utiliza-se de plataformas tecnológicas para garantir uma comunicação com base no comportamento dos consumidores. Ela tem como principal objetivo aumentar a eficiência e a escalabilidade das ações

Lead Scoring

Assim como as pessoas são diferentes, os leads também são. Tendo em vista que eles estão em momentos diferentes na jornada de compra. Enquanto uns estão conhecendo a marca pela primeira vez, outros estão indicando o produto porque gostaram da qualidade. 

Diante disso, o lead scoring funciona como uma espécie de pontuação que auxilia a desenvolver estratégias para cada nível do funil, de acordo com os interesses dos consumidores e empresa.  

Gostou desse artigo? Outro conteúdo que também pode ser útil pra você é esse: Como montar um funil de vendas no Instagram


Veja também esses materiais importantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *