fbpx
Natal 2020 – Vendas Online Superam o Físico
Papo com o CEO - André Patrocínio

Natal 2020 – Vendas Online Superam o Físico

O consumo passou por muitas transformações esse ano, e isso não é novidade, principalmente em razão da pandemia. E o Natal não poderia ser diferente. E o principal indicativo disso foi que, em 2020, 40% de todas as compras online foram realizadas por pessoas que nunca optaram anteriormente por essa forma de consumo.

Pela primeira vez, as compras pela internet superaram o varejo físico. Os produtos típicos do Natal foram mais caros e as vagas de trabalho temporário, comum nessa época, representaram 2/3 em relação ao ano passado.

Segundo uma pesquisa da agência Conversion, especializada em e-commerce, as compras online somaram 52% das intenções de compra dos brasileiros para a data e, segundo essa mesma pesquisa, os estabelecimentos em shopping centers e comércio de rua apareceram com 19% e 18% das preferências respectivamente.

Ainda nessa pesquisa 83% dos entrevistados afirmaram que iriam presentear alguém no Natal, mas 17% dos consumidores não fariam nenhuma compra para a data comemorativa.

Porém apesar dessa movimentação a pesquisa mostra também que seria um Natal muito mais econômico, onde 48% dos entrevistados pretendiam gastar neste ano menos em comparação a 2019

Quais são os nichos de produtos que tiveram mais destaques nesta temporada de compras?

A grande maioria dos brasileiros pretendia gastar, no máximo, R$300 em compras para o final de ano. Então, foi um ano de lembrancinhas, os nichos mais baratos e populares devem ter mais destaque, o ticket médio por presente deve ser em torno de R$60, o que potencializa os segmentos de vestuário e cosméticos.

Como o empresário pode conseguir melhores resultados nas vendas em datas sazonais?

Como a gente disse aqui, foi um ano superaquecido nas vendas online, então é importante que o empresário varejista esteja presente na internet, e mais do que isso, que veja a internet de forma estratégica e visando resultados.

Ter um site ou uma rede social só por ter, sem estratégia não vai trazer resultados em vendas online, mesmo com o mercado aquecido. Ou seja, é preciso dedicação, trabalhar a audiência o ano inteiro, ter produtos/serviços de qualidade, entre outras coisas. 

Gostou do conteúdo? Assine a Newsletter da Etus e receba semanalmente nossas dicas e conteúdos atualizados sobre marketing digital, redes sociais e negócios.


Veja também esses materiais importantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

E-summit 2022