fbpx
Motivos que o Uber Eats deixa de operar no Brasil
DestaquePapo com o CEO - André Patrocínio

Motivos que o Uber Eats deixa de operar no Brasil

A Uber Eats deixará de operar no Brasil no dia 08 de março, e vai passar a focar na entrega de supermercados, drogarias e comércios. A plataforma começou a atuar no país há cerca de 5 anos, porém as concorrentes Rappi e Zé Delivery começaram a ganhar força, e isso foi diminuindo a porcentagem de mercado que a empresa tinha. 

O Uber Eats era o segundo aplicativo no ranking de APPs para restaurante, detinha 28% do mercado, enquanto o Ifood possuía o Market Share de 80% e a Rappi em terceiro lugar com 18%.

A soma ultrapassa os 100%, pois clientes e restaurantes usam, geralmente, mais de um aplicativo.

Assumindo a derrota nessa briga, estrategicamente focar e direcionar esforços na entrega de supermercados, drogarias e comércio em geral pode ser uma boa, visto que não há ainda um líder de mercado atual que predomine esse setor, como no segmento de restaurantes.

O anúncio ocorreu um dia depois do sancionamento do projeto de lei que obriga empresas de aplicativos a contratar seguro para acidentes dos entregadores, o que poderia trazer um peso considerável no custo da operação no Brasil, que já fechava o ano com mais de 2 bilhões de prejuízo, diferente de outros países que o Uber Eats possui uma operação bastante sustentável.

A plataforma já havia deixado de operar na Argentina e na Colômbia, em outubro de 2020, na época a empresa teria tomado a decisão para focar seus negócios onde há menos concorrência, então já era de se esperar que o Brasil seria um dos próximos

Vale lembrar que o Uber, aplicativo de transporte, continua a operar normalmente, apesar de muitas reclamações dos usuários nos últimos tempos com corridas canceladas e preços altos.

Concorrência menor não é boa notícia para quem compra, pois costuma resultar em preços mais altos e menos investimento em inovação. Além disso, restaurantes perdem poder de negociação com aplicativos, assim como os entregadores.

Gostou desse artigo? Acompanhe nosso blog para aprender tudo sobre marketing digital!


Veja também esses materiais importantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

E-summit 2022