fbpx
Mercado pet: 10 dicas para você se destacar nas redes sociais
DestaqueMarketing DigitalRedes Sociais

Mercado pet: 10 dicas para você se destacar nas redes sociais

O mercado pet está vivendo um importante momento! Conquistando os corações de muitos brasileiros, os animais de estimação ???????????????? se tornaram membros da família e estão presentes em muitos lares. 

Atualmente, são aproximadamente 142 milhões de pets espalhados pelos estados brasileiros, segundo estudo realizado pela ABINPET (Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação).

Mas a “invasão dos bichos” vai além do ambiente físico, hoje eles também estão no mundo digital, com canais completos e complexos, mídias sociais, e-commerce, apps, entre outros.

Diante disso, o marketing digital tem se mostrado uma ferramenta importante para este setor. Tendo em vista que ele contribui para aumentar as vendas, cria relacionamentos com o consumidor e ainda pode se tornar um canal para a sua marca se tornar autoridade no mercado. 

Se você trabalha no mercado pet ou quer investir nesse segmento, confira a seguir algumas dicas de ouro para ajudar a sua empresa a crescer na internet ????????

1- Conheça a sua persona

Assim como em qualquer nicho de mercado, é preciso conhecer a persona, ou seja, quem irá consumir os seus produtos e serviços.

Os donos de pet podem apresentar características e perfis distintos, principalmente, quando falamos dos diversos tipos de animais de estimação que existem no Brasil. 

Por isso, faça uma pesquisa para conhecer “quem são eles”. Você pode fazer isso com os seus atuais clientes, ou analisar o comportamento destas pessoas com os seus concorrentes diretos e indiretos.

Para fazer isso será necessário levantar algumas informações, tais como:

  • Idade;
  • Características demográficas;
  • Escolaridade;
  • Ocupação;
  • Hábitos;
  • Hobbies;
  • Estilo de vida;
  • Hábitos de compra;
  • Mídias que preferem;
  • Pessoas que a influenciam;
  • Fontes de informação
  • Entre outras perguntas.

Com essas informações, será possível se comunicar com os consumidores em potencial de uma forma coerente, entregando conteúdos e ações que façam sentido para ele, ou seja, a mensagem certa para as pessoas certas.

Para saber mais sobre esse assunto, clique aqui! 

2- Faça parcerias

As parcerias são muito importantes para o setor pet, pois, ela pode trazer diversos benefícios para a sua empresa, tais como: atração e fidelização de novos clientes, maior alcance e visualização dos conteúdos, não tem custo extra, aumenta seu reconhecimento de marca, entre outros.

Você pode fazer estes acordos com: veterinários, adestradores, dog walker, fornecedores e até empresas de eventos. 

No entanto, vale elencar também um parceiro com propósito, ou seja, procurar uma ONG que promova ações sociais para os pets. 

Como assim? 

Se você tem uma loja que vende produtos para cães e gatos, por exemplo, procure uma instituição que promova a adoção de animais,  distribua alimentos ou até promova cuidados veterinários. 

No entanto, é necessário tomar alguns cuidados para escolher esse parceiro. Procure empresas, profissionais ou ONGs com boa reputação, para que a estratégia traga os resultados esperados. 

3- Busque pelos pet influencers

Mercado pet: 10 dicas para você se destacar nas redes sociais

Freepik

Os perfis de pets estão se multiplicando a cada dia mais, seja de donos famosos ou anônimos, os @ de animais de estimação estão atraindo a audiência do público e despertando interesse de marcas. 

Por isso, esta pode ser uma excelente oportunidade para estimular as estratégias de marketing digital. 

Faça uma pesquisa e veja quais perfis estão localizados próximo da região onde sua empresa está localizada. Depois, analise qual a quantidade de seguidores e como é o engajamento dessa conta. Tendo em vista que o valor do investimento e o ROI estão diretamente ligados a esta métrica.

Mas, vale ressaltar que existem influencers de todos os tamanhos e custos, basta achar o que mais corresponde as suas necessidades e aproveitar essa oportunidade. 

4- Tenha um site responsivo

De nada adianta ter um perfil com uma estratégia excelente nas redes sociais mais não ter um site bem feito, para que o público-alvo possa te localizar e ver mais informações sobre a sua empresa.

Por isso, crie um site com navegabilidade, ou seja, criados para se adaptarem a plataformas mobile.

Um site responsivo melhora a experiência do usuário, aumenta a velocidade da página, diminui a taxa de rejeição, melhora a taxa de conversão em leads e consequentemente em vendas. 

Para aprender mais sobre esse assunto, não deixe de ler o artigo: Por que devo ter um site?

5- Crie cupons de desconto

Para garantir novas vendas ou fidelizar clientes, procure criar cupons de desconto. Você pode oferecer esse benefício para consumidores que não comprem há algum tempo ou para aqueles que costumam comprar os mesmos produtos todos os meses.

Veja qual opção se adequa melhor a necessidade da sua empresa e não perca essa oportunidade!

6- Crie um serviço de assinatura

Mercado pet: 10 dicas para você se destacar nas redes sociais

Freepik

Os serviços de assinaturas estão ganhando cada vez mais novos adeptos. Não importa o setor ou nicho, produtos de beleza, alimentos naturais, livros, são alguns exemplos que se adequam bem a esse tipo de estratégia.

Mas, ao contrário do que alguns pensam, o mercado pet também pode se beneficiar desse tipo de serviço. O grande diferencial para os tutores dos animais, está relacionado à comodidade de receber os produtos em casa e na exclusividade de adquirir as novidades e lançamentos em primeira mão. 

Os benefícios para as empresas que oferecem esse tipo de serviço está relacionado a fidelização prolongada do cliente e no engajamento da marca, visto que através dos clubes de assinatura é possível mostrar seu diferencial e melhorar o relacionamento com a persona, cativando-a com pequenos detalhes.

Sem esquecer da previsibilidade de faturamento e estoque. Pois, com uma cobrança fixa, a empresa consegue ter uma estimativa de faturamento nesse serviço e é capaz de prever qual a quantidade de produtos irá precisar ter disponível em estoque. 

A ração é o produto mais comum oferecido em serviços de assinatura para o mercado pet, mas existem diversos outros itens que podem ser oferecidos, tais como: petiscos, roupinhas, brinquedos, produtos de higiene, entre outros. 

Após criar o seu clube de assinatura, divulgue tanto para os clientes fixos quanto para os novos consumidores, que possam se interessar por essa facilidade. 

7- Elabore promoções criativas

Consumidores adoram promoções, por isso, sempre que possível invista em ofertas especiais, mas de preferência criativas e que tragam um maior engajamento e alcance das suas redes sociais.

Veja a seguir algumas ideias:

  • Faça um concurso cultural, promovendo a melhor frase;
  • Incentive o compartilhamento de imagens com hashtags específicas em trocas de ofertas ou descontos;
  • Crie ações para incentivar a compra de clientes antigos;
  • Promova eventos online e presenciais.

8- Desenvolva um e-commerce consistente 

Com o isolamento social provocado pelo coronavírus, o comportamento do consumidor mudou. As vendas online de produtos pet triplicaram no Brasil segundo pesquisas, e o e-commerce baseado nesse mercado está cada vez mais completo e complexo, reunindo diversos tipos de itens. 

Por isso, a sua loja virtual precisa ser atrativa e fácil de navegar para que os clientes consigam realizar as suas compras de forma fácil e rápida. 

Para manter seu público ativo e fiel, mantenha os produtos do e-commerce atualizados, cheque sempre as funcionalidades, faça testes e pesquisas de satisfação sempre que possível. 

9- Invista no marketing omnichannel

Mercado pet: 10 dicas para você se destacar nas redes sociais

Freepik

O marketing digital está se tornando cada vez mais omnichannel, ou seja, disponibilizado em diversos canais para se comunicar com o público e promover vendas. 

Por isso, invista nas redes sociais onde seu público está mais presente, tenha um canal de contato direto como o Whatsapp, por exemplo. Elabore bons conteúdos para o seu site, e se possível, crie um blog. 

E não se esqueça de manter seus clientes ativos, utilizando campanhas de e-mail marketing com ofertas especiais. 

Dessa forma, você irá utilizar diversas ferramentas para manter seu público próximo, gerar conteúdo de valor e consequentemente proporcionar excelentes resultados. 

10 – Produza vídeos

Os vídeos são a cereja do bolo neste momento, quando falamos de marketing digital, por isso, invista neste formato. 

Abuse da criatividade para desenvolver suas ações e aborde os mais diferentes tipos de conteúdo, desde os mais engraçados até os voltados para a saúde e bem-estar animal.

Gostou deste artigo? E, se você quiser aprender um pouco mais sobre: Como fazer anúncios no Instagram?, clique aqui! 


Veja também esses materiais importantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *