Marketing consultório médico: 5 dicas para se destacar nas redes sociais
Dicas

Marketing para consultório médico: 5 dicas para se destacar nas redes sociais

O marketing para consultório médico vai além da publicidade, pois se refere às atividades e estratégias criadas por você para comunicação e entrega de valor à audiência. Ou seja, o alinhamento de expectativas de atendimento e a experiência que de fato é proporcionada aos potenciais clientes.


Antes de criar a sua estratégia, você precisa conhecer o público-alvo, a fim de atrair mais pacientes e melhorar os resultados do consultório. Além disso, o princípio do marketing médico é de mostrar o valor do seu serviço aos pacientes mostrando o seu diferencial.

Quer saber o que fazer e o que não fazer? Como atrair mais pacientes e quais são as limitações? Então este post é para você: continue lendo e descubra!

1. Consulte as regras do Conselho Federal de Medicina

O Conselho Federal de Medicina (CFM) elaborou um Manual de Publicidade Médica para orientar a produção de materiais de divulgação de serviços do médico e estabeleceu algumas limitações para essa prática. Os principais limites são:

  • divulgar até duas especialidades;
  • não divulgar preços;
  • é proibida a utilização da foto de pacientes;
  • é proibida a autopromoção do escritório em entrevistas;
  • para divulgar equipamentos não deve utilizar expressões de garantia de resultado;
  • não anunciar aparelhagem como um diferencial;
  • não divulgar publicamente informações que alertem a sociedade.

Você sempre deve pensar na presença nos ambientes digitais considerando a importância dessas regras. Além disso, é fundamental ficar por dentro das atualizações e informações referentes às diretrizes da área nesse sentido.

2. Projete o site para conversão

Um site projetado e pronto para conversão deve ser prioridade ao investir no marketing médico, porque você pode usá-lo na captação de pacientes. Ele precisa ser otimizado da forma mais acessível e responsiva, para que funcione bem em vários tipos de dispositivos. O site é uma forma de os pacientes conhecerem o trabalho e entrarem em contato.

Além disso, invista na identidade visual do consultório de forma que seja clara e agradável visualmente, para que o público o reconheça facilmente. É importante que a identidade visual esteja presente em todos os canais que você utilizar, seja nos cartões de visitas, seja receituários, no site e nas páginas das redes sociais.

3. Saiba quais erros não cometer

Para evitar que a divulgação vire um motivo de dor de cabeça, é fundamental saber fazer o marketing médico de forma ética. Veja o que deve ser evitado:

  • anunciar uma especialidade que o médico não possui;
  • ter o nome envolvido no que é considerado propaganda enganosa (vide recomendações do CFM);
  • consultar, diagnosticar ou prescrever a distância (vale consultar tipos de atendimento que foram flexibilizados por conta da pandemia);
  • usar os canais digitais para exercer a prática médica (não substituir a interação pessoal pela interação nas redes).

4. Defina quais redes sociais usar

As redes sociais ampliam o leque de opções para fazer o marketing médico, porém cada uma delas possui um diferencial ou funcionalidade. Para montar um planejamento sólido, você precisa definir seu público-alvo e quais as maneiras de alcançá-lo. Conhecendo a audiência, você sabe quais são as redes mais utilizadas.

Assim, fica mais simples definir qual mais atende às necessidades de atração de pacientes do consultório. Você deve planejar como será feito esse alcance definindo objetivos, indicadores, métricas e KPI’s referentes ao marketing digital, ao engajamento das redes sociais e outros elementos da campanha.

5. Defina um calendário de postagens e automatize

Ao fazer marketing para consultório médico, não deixe de utilizar as melhores ferramentas. A automatização das postagens é fundamental para garantir um bom fluxo. Além disso, para quem atua na medicina, marketing de conteúdo é uma excelente ideia. Sendo assim, defina um calendário de posts relevantes e mostre o valor da atuação.

Falando nisso, temos um conteúdo para você se aprofundar no assunto: leia também sobre a frequência ideal de conteúdos e saiba como ser produtivo e manter a presença em alta nas redes sociais!

Veja também esses materiais importantes