fbpx
Linkedin será descontinuado na China, entenda
Papo com o CEO - André Patrocínio

LinkedIn será descontinuado na China, entenda!

Sabemos que a China é um país bastante complicado para empresas de tecnologia ocidentais, tanto que, o LinkedIn era a única grande rede social norte-americana operando no local.

A plataforma possui mais de 700 milhões de usuários em todo o mundo, e a China tem mais de 54 milhões de pessoas conectadas na rede, sendo o terceiro país com mais usuários, atrás apenas dos Estados Unidos e Índia.

Essa questão toda pode ter sido gerada devido o LinkedIn suspender recentemente as contas de vários jornalistas em sua versão chinesa, que comentaram publicamente não ter ficado surpresos que o Partido Comunista Chinês não tenha gostado de seu trabalho, mas sim que uma empresa americana de tecnologia esteja cedendo às exigências de censura do governo.

O vice-presidente do LinkedIn afirmou que a China é um ambiente operacional desafiador.

O Brasil está em 4º lugar no ranking da rede social, com mais de 50 milhões de usuários, e é uma excelente ferramenta para relacionamentos corporativos, networking, negócios e busca de empregos, onde mais de 82% dos usuários relatam já ter procurado recolocação profissional na ferramenta e ter conseguido entrevistas por ali.

No geral, o LinkedIn é uma rede social corporativa, onde o conteúdo compartilhado aborda diversos temas sobre os desafios de empreender ou de se posicionar no mercado de trabalho.

Ter um perfil bem construído nesta plataforma é de extrema importância, pois você abre portas para propostas de empregos e networking de profissionais da mesma área que você, ou seja, tem muita oportunidade ali para quem usa frequentemente.

Por esse link, você consegue ver a nota do seu perfil no LinkedIn e aproveitar ao máximo as vantagens dessa rede social.

Continue acompanhando o nosso blog e leia conteúdos exclusivos sobre marketing, empreendedorismo e criatividade.


Veja também esses materiais importantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

E-summit 2022