fbpx
A maior Black Friday de todos os tempos, será?
Papo com o CEO - André Patrocínio

A maior Black Friday de todos os tempos, será?

A Black Friday é tradicionalmente realizada no mês de novembro e nesse período é bastante comum a concessão de descontos por parte de empresas dos mais variados setores.

Estamos diante, talvez, da maior Black Friday da História. Isso se dá devido a força que as compras online ganharam com a pandemia, o que gera otimismo do mercado.

Uma pesquisa da ABComm estima crescimento de vendas online de 77% em 2020 no Brasil em comparação com o ano passado. Com isso, o total vendido atingiria cerca de R$ 6,9 bilhão de reais somente entre os dias 26 de novembro e primeiro de dezembro.

Se nos últimos anos nos habituamos a ver aglomerações em lojas por todo o país com grandes promoções apenas na última sexta-feira de novembro, este ano estamos tendo um maior peso do online, promoções diluídas ao longo de todo mês nas lojas físicas e, para o lamento de muitos, menos promoções do que em anos anteriores.

A expectativa geral para essa Black Friday no Brasil, é que ela seja mais digital do que nunca, e isso reflete a mudança de hábito, onde 40% de todas as compras online deste ano foram realizadas por consumidores que nunca haviam comprado online.

Embora a grande premissa dessa Black Friday seja no digital, o comércio local também está bastante entusiasmado com a data. Isso porque ela pode ser uma minimizadora dos problemas enfrentados por essas empresas devido a pandemia Algumas cidades, por exemplo, trouxeram de volta o drive-thru de compras – que foi um método criado durante a paralisação das atividades dos comércios centrais, ajudando assim o consumidor que busca as promoções locais a comprarem sem a necessidade de descer do carro.

Como aproveitar as melhores ofertas nesta Black Friday?

São três pontos básicos mais muito importantes para aproveitar o máximo e da melhor maneira a Black Friday.

A primeira é determinar o orçamento máximo que deseja dispor para as compras nesse período, e assim, evitar endividamentos.

A segunda é criar uma lista de compra e já ir monitorando os preços do produto desejado e concorrentes. Existem alguns sites que fazem esse serviço, e que inclusive te alerta assim que o valor do produto alcançar uma mínima histórica.

E a terceira seria monitorar os famosos esquentas. Muitas empresas estão o mês todo de Black Friday (ou Black November), o que faz vários produtos chegarem na sexta-feira, dia 27, já com os estoques esgotados.

Apesar dos descontos, a Black Friday também é conhecida por golpes ao consumidor. Como podemos se preparar melhor para não cair em problemas ?

Sem dúvida pesquisar a reputação e histórico da loja é a mais importante.

É essencial que a gente pesquise se a loja já está consolidada no mercado e ou se  trata apenas de uma loja fantasma, criada apenas para essa data. Acessar sites como o Reclame Aqui, por exemplo, pode ajudar nessa descoberta. 

Porém, temos que entender um ponto: ao acessar esses sites, tenha em mente que todas as lojas que vendem grandes quantidades, terão reclamações. O mais importante aqui é entender como essas reclamações foram tratadas e se foram solucionadas. 

Desconfie de empresas que não possui nenhuma reclamação, o que pode ser um indício que trata-se de uma empresa recente ou com baixa quantidade de vendas. Todo cuidado é essencial para essas datas sazonais. Seu dinheiro não pode ser desperdiçado em qualquer lugar, cuide bem dele! 


Veja também esses materiais importantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *